Viva a alternância

presidentes

Fernando Henrique: ministro de Itamar.
Itamar: vice do Collor.
Collor: filho de Arnon de Melo. Seu pai foi deputado pela UDN, senador pela Arena e assassinou sem querer o senador José Kairala. Queria matar Silvestre Péricles de Góis Monteiro. Assim como o filho, nunca foi preso.
Sarney: senador pela Arena e deputado pela UDN
Vinte e um anos de milicos.
Jango: ministro de Vargas.
JK: apoiou a Revolução de 1930, foi deputado pelo PRM.
José Linhares: ministro do supremo de Vargas.
Vargas: ministro de Washington Luís.
Milicos. Mais milicos.
Washington Luís: do PRP, mesmo partido de Rodrigues Alves.
Artur Bernardes: do PRM, mesmo partido de Epitácio Pessoa.
Epitácio Pessoa: do PRM, mesmo partido de Delfim Moreira.
Delfim Moreira: vice de Rodrigues Alves.
Rodrigues Alves: segundo mandato, morreu de gripe espanhola.
Venceslau Brás: vice de Hermes da Fonseca.
Hermes da Fonseca: sobrinho de Deodoro da Fonseca.
Nilo Peçanha: vice de Afonso Pena.
Afonso Pena: conselheiro do Império e ministro de Pedro II.
Rodrigues Alves: do PRP, mesmo partido de Campos Sales. Também foi conselheiro do Império e ministro de Floriano Peixoto.
Campos Sales: ministro de Deodoro da Fonseca.
Prudente de Morais: monarquista, membro do PL durante o Império.
Floriano Peixoto: vice de Deodoro.
Deodoro: primeiro Presidente. Milico.

Do Facebook do Allan Sieber.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s