O missionário protestante que virou ateu por causa dos índios

Daniel Everett veio para o Brasil com 26 anos para morar com os índios Pirahã, com o objetivo de convertê-los ao cristianismo, ensinando sobre a fé e principalmente traduzindo o Novo Testamento para a língua local. (Entrevista)

No vídeo abaixo, ele conta como fracassou na missão, e como os valores simples do índios os levaram a questionar sua fé:

“Você quer que vivamos como os americanos, mas os Pirahã não querem viver como americanos. Nós gostamos de beber, gostamos de ter mais de uma mulher.”

Isso mostra como a fé, mais do que uma verdade universal é uma questão cultural. Os Pirahã não sentem que deveriam ser salvos, aproveitam cada dia, e não pensam muito longe no passado ou no futuro. Isso não os preocupa. E não pareceu lógico para eles desistir dos costumes que eles tanto gostam baseados em promessas e ameaças. Basicamente disseram ao missionário, se quiser viver como nós seja bem-vindo, mas não vamos seguir os seus costumes. E ele concordou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s